Como criamos a revista que, há dez anos, é a cara do Itaú Unibanco

Ajudar a consolidar a cultura da maior instituição financeira privada da América Latina, criada um ano antes, a partir da união de dois dos maiores bancos do país: Itaú e Unibanco. Contar histórias de colaboradores, criar conteúdos que apresentassem a integração entre áreas, mostrar sinergias e provar que um novo banco, diferente de tudo o que já se tinha visto no Brasil, estava nascendo. Esse era o objetivo da Revista Itaú Unibanco ao ser lançada, em agosto de 2009.

O desafio

Se as publicações corporativas eram commodities entre as organizações, o objetivo da Revista Itaú Unibanco era sair da mesmice e apresentar, na forma e no conteúdo, inovação e alta relevância para os 100 mil colaboradores da instituição. Ao mesmo tempo, era preciso divulgar a nova cultura do banco, trazendo de modo transversal o novo jeito de agir e de pensar que o Itaú Unibanco estava construindo.

As estratégias definidas

Se queríamos inovação, era preciso olhar além das publicações institucionais e ver o que se fazia, dentro e fora do país, no mercado editorial. Realizamos benchmarks em todos os segmentos e mercados para inspirar nosso projeto gráfico e editorial. Também entendemos, a fundo, a identidade da nova instituição, para que o seu DNA estivesse refletido na revista. E buscamos, a partir de pesquisas com os próprios leitores, entender como a revista poderia auxiliá-los no momento de transição e o que, de fato, era relevante comunicar para auxiliar cada jornada profissional.

De lá para cá, o trabalho de pesquisa continua e o reflexo dessa inquietação constante é que, nos últimos dez anos, a revista passou por quatro renovações editoriais. De modo cada vez mais contemporâneo, a revista continua sendo a cara de um time de colaboradores que muda, evolui, se reinventa e se prepara para os novos desafios do mercado.

Os números

Descubra novas histórias de sucesso da Novacia. Clique aqui e confira!

Compartilhe esse artigo:

Facebook pinterest